Sunday, November 05, 2006

THE JUSTICE OF MEN...

Saddam Hussein was convicted and sentenced Sunday to death by hanging for war crimes in the 1982 killings of 148 people in the town of Dujail, as the former leader, trembling, shouted "God is great!" As he, his half brother and another senior official in his regime were convicted and sentenced to hang, Saddam yelled out, "Long live the people and death to their enemies. Long live the glorious nation, and death to its enemies!” Some feared the verdicts could intensify
Iraq's sectarian violence after a trial that stretched over nine months in 39 sessions and ended nearly 3 1/2 months ago. Clashes immediately broke out Sunday in north Baghdad's heavily Sunni Azamiyah district, and a Sunni political leader condemned the court decision.” This government will be responsible for the consequences, with the deaths of hundreds, thousands or even hundreds of thousands, whose blood will be shed," Salih al-Mutlaq, the Sunni politician, told the al-Arabiya satellite television station. During Sunday's hearing, Saddam initially refused the chief judge's order to rise; two bailiffs lifted the ousted ruler to his feet and he remained standing through the sentencing.
We must believe in justice of Men? In this case, YES!
SADDAM HUSSEIN WAS A MAJOR RESPONSABILE FOR DEATH OF THOUSANDS OF IRAQUI AND INNOCENT PEOPLE!!!

4 comments:

Ahlka said...

Isto é justiça de Talião.
Homem de bem, deveria distinguir-se de quem julga :(

Anonymous said...

Ahlka: Olá Amiga, então de volta? Olha pelo que me toca, eu volto a dizer que concordo em absoluto com a condenação á morte desta figura! Nunca teve mercê para quem lhe ousava lenavantar a voz da discordância, com revólver á cintura em plenas reuniões com os seus capangas e fazendo algumas vezes justiça sumária "live" e no momento!
Juízes e advogados mortos só por estarem do lado da justiça!
Eu só acgo que já deveria estar pendente na corda e já há uns dias!
Um abraço e aparece sempre! ès bem vinda!

Ahlka said...

Eu ando sempre por aí...a assiduidade é que não é das mais famosas.
Comentei essa condenação noutro blog, vou tentar copiar para aqui para leres sem eu me repetir.

« Sou ABSOLUTAMENTE contra a pena de morte, não por achar que não deva ser castigado, mas porque a sociedade, se quiser ter autoridade moral para julgar, deve usar métodos diferentes daqueles que pretende julgar.
Alguém tem que ter princípios, senão é tudo ao molho e fé em Deus, justiça para quê?

Por outro lado, tomara eu, em condições de 'aperto' poder escolher a minha forma de morrer. Considero que a pena de morte com injecção letal, mais não é do que um presente oferecido a um condenado. Se eu um dia a pedir, tenho a certeza que não me será facultada, porquê?
Uma pessoa de bem tem assim menos direitos que um 'monstro'.

E por fim, acredito que ninguém detêm a verdade absoluta. Não há pessoas muito más nem muito boas. Existem é Verdades diferentes para cada Ser. Toda a história tem várias versões que variam com as motivações, o contexto e essa Verdade de cada um. »

Sou uma banana...talvez :))

jotabloguer said...

Alka: Tu podes ser tudo menos banana! E entendo-te muito bem! Eu próprio tenho sempre dúvidas, nunca certezas absolutas excepto uma: a Morte!
Mas que o "bicho" merece esta "sorte", lá isso merece!