Friday, November 02, 2007

OS RANKINGS DAS ESCOLAS....OUTRA VEZ!


OS “RANKINGS” DAS ESCOLAS EM PORTUGAL!
Eu já em tempos falei sobre este tema, mas sempre que saem á estampa, fico logo com os batimentos acelerados, pela insistência na sua divulgação como se isso fosse motivador para a imensa legião de estudantes e professores que no seu dia a dia lutam para conseguir os seus ideais e muitas das vezes em condições difíceis de instalações, de material didáctico ajustado ás novas realidades (quantos quadros inter-activos existem?), de apoio pedagógico extra, de suporte moral aos professores que dedicam com zelo o seu trabalho aos alunos, enfim uma série de factores que impedem um bom desempenho a todos os intervenientes deste processo educacional! Claro que estou a falar das escolas públicas!
Porque nas privadas, é o que se vê: Selecção das castas, tanto em rendimento escolar, como (principalmente!) em termos financeiros!
Pergunto eu: Acham que o Hamilton ganharia uma corrida que fosse na F1, se levasse um Fiat 600, e os outros de Ferrari?
Vale a pena continuar com esta rábula dos rankings?
O que se pede é que o Ministério da Educação continue a ter a sua atenção total para esta área, fundamental para nós portugueses! Investir tudo o que se puder para elevar os níveis de rendimento dos nossos alunos e professores! Sempre!

3 comments:

Silvia Madureira said...

Na verdade penso que estas sondagens não ajudam em nada...aliás não trazem informação que seja nova. Todos os anos é a mesma coisa. Se no particular existe mais sucesso então porque não se praticam as mesmas acções no público? Tão simples como isto...Se a minha vizinha está mais elegante do que eu, irei tentar averiguar os motivos e tentarei fazer igual a ela (dependendo do que ela faz para isso).
Mas...o problema é que não querem efectuar as práticas que fazem no privado no público e será culpa do professor? O professor chega à escola dão-lhe um papel com as fotos dos alunos, outro papel com o programa a leccionar, mais papéis para se for director de turma, mostram-lhe o material disponível, indicam os manuais adoptados (se houver), dão-lhe um horário (não escolhido), indicam os anos que vai leccionar (às vezes 3 níveis diferentes) e depois...é com ele! Ou seja é comigo e com mais uns milhares que com muito azar nem passam por estes passos...se não forem colocados!

um abraço

jotabloguer said...

Sílvia: Como eu gosto de te "ouvir" falar!E como fico feliz por ter passado a minha ideia!
Tens "carradas" de razão e eu como participante efectivo no acompanhamento da educação das minhas duas filhas. assim o posso confirmar!Isto dos rankings é uma paródia!Temos de nos centrar em objectivos mais nobres para educar as nossas gentes jovens como deve ser, e o resto é conversa!
Beijinho e bom fim de semana!
Jorge madureira

Vieira Calado said...

A rábula dos rankings e outras têm sempre intenções escondidas:
A primeira, desde logo,
é desvalorizar o ensino público para (para quem tem dinheiro) pôr os moços no privado.
Um abraço.