Tuesday, November 20, 2007

UMA PERGUNTA INCÓMODA????


A questão do cozinheiro despedido de um restaurante de um hotel por ser portador do vírus da sida merece cuidada reflexão.


Alguém dizia, ontem, que a decisão dos juízes da Relação de Lisboa envergonha o nosso país. Por mim, antes que se atire a primeira pedra, gostaria que todos respondêssemos a uma pergunta: comeriam sossegados num restaurante sabendo que o cozinheiro tinha Sida? Não me interessam as respostas sentimentais, cientificamente infundadas. O que interessa é que a Ciência nos ajude a responder. E se a resposta que os cientistas nos ajudarem a dar não for 100 por cento sim, então há que respeitar a decisão dos juízes.
A opinião pública é muitas vezes instrumentalizada com estes aspectos de grande hipocrisia!
Claro que não se deve abandonar esta pessoa que tem uma doença "maldita" e ainda sem cura total, mas ajudá-la a encontrar outros rumos profissionais onde não haja uma relação directa que possa levar a um contágio de outras pessoas que não têm culpa nenhuma da sua doença...
Eu respondo por mim: Eu não iria a esse restaurante comer!

3 comments:

paper-life said...

Eu provavelmente também não.

Mas não haver outra solução a não ser o despedimernto parece-me grave e discriminatório. Se começamos a aceitar que isto se faça o melhor é criar uma "ilha de sidosos" como houve as ilhas de leprosos. Concorda?

jotabloguer said...

Paper-life: Claro que concordo que lhe seja dada toda a ajuda possível no sentido de poder prover o seu sustento com dignidade!Mas noutra área de trabalho! Mas neste "metier" acho que seria pouco seguro!
Eu digo isso no texto!
MAS QUE É UM ASSUNTO COMPLICADO É!
Jorge madureira

Lunatic said...

Eu tb "dissertei" sobre este assunto no meu blog.
Não tendo conhecimentos suficientes quer no âmbito científico, quer no âmbito legal, vi a solução de um ponto de vista mais prático e social.
Manter o funcionário no Hotel, não como cozinheiro, mas com uma função em que não constituísse "perigo para a saúde pública".

Mas um facto é que mesmo que a ciência desse 100% de segurança que não haveria perigo em mantê-lo como cozinheiro, eu nunca iria comer a esse hotel!