Monday, November 12, 2007

VENTOS SOMBRIOS NA EUROPA...


Neste fim de semana, deram-se dois eventos em locais diferentes mas com “objectivos” comuns. Ou seja manifestações de grupos neo nazis e do outro lado os anti fascistas! Um em Praga (Repª Checa) o outro hoje em Madrid!
Fico perplexo e zangado com o rumo que estas demonstrações de ideais políticos querem provar! Mas uma coisa eu sei: Não tenho memória curta e para mim fascismo e nazismo nunca mais!
O que é certo algo está a correr mal na educação das novas gerações e por ser permitido que a simples exibições folclóricas desses pseudo grupos passe á fase mais grave de alienação das massas, com o reavivar de ideologias que quase destruíram a Europa e muitos outros países por este mundo fora!
Cabe mais uma vez às classes políticas debruçarem-se sobre estes sinais preocupantes e não permitirem que eles sejam postos em prática nas ruas das nossas cidades e Países!
A tolerância democrática também tem limites!
E não vamos fazer de conta que são insignificantes ou sem importância estes sinais!
São reais, bem presentes e perigosos! É só dedicar um pouco da nossa atenção ao que vai “germinando” em alguns países europeus e nos EUA, sob a bonomia de algumas autoridades, como se não fossem nada de mal!
Não tratem do problema agora e venha-se depois a assistir aos lamentos hipócritas das tragédias acontecidas!
Não precisamos do Sherlock Holmes para dizer sobre esta temática: Elementar caro Watson!

3 comments:

ferad26 said...

Oi, ótimo texto ...
permita-me enriquecer meu trabalho com ele !?
bjo na alma

P.S. sempre por aqui...

Lis

http://amormethamorfose.blogs.sapo.pt

Silvia Madureira said...

Toda a gente se recorda da queda da ponte de Entre os Rios e você pergunta: mas o que tem uma coisa haver com a outra?

Ninguém se preocupou com o estado da ponte até ela cair abaixo. Típico pensamento: "pode ser que não caia" ou "pode ser que aguente".

Consequências: neste "deixar andar" típico e incomodativo em tudo o que nos rodeia faz com que as pontes caiam e não só...todas as nossas ideologias, valores, respeito...

É triste...mas quem poderia fazer alguma coisa prefere "deixar andar" ...o que é muito típico.

É tão típico como o anho assado no forno nas regiões Nortenhas. Mas...esta tradição vele a pena...agora as outras do "deixa andar" apenas vele para o abismo.

um abraço

jotabloguer said...

Sílvia: è esse mesmo o ponto! A política do deixa andar...muito típica de algumas mentalidades! Prevenção é uma palavra desconhecida para essas mesmas mentalidades!POr medo, ou cobardia!Eu só espero não estar nesses espaços á hora errada!
Temos de andar despertos sem alarmismos é certo, mas despertos!
Um bom dia!
Beijinhos
Jorge madureira