Tuesday, October 23, 2007

IMORALIDADES NA ALTA FINANÇA...óbviamente não se demite!




Este último caso que veio a público de um a dívida de 12,4 milhões de euros do filho do director do BCP, Jardim Gonçalves, (por ser considerada incobrável!!), mostrou mais uma vez(como se fosse necessário) a falta de ética que por aí vai nesses reinos das "fananças", e , só não passou incólume porque alguém o denunciou! O pai (o Director do banco) pagou a dívida do filho pelos vistos na passada sexta- feira! E pronto, tudo está resolvido! Em Portugal é assim!Ninguém se demite por questões éticas!Ou raramente o fazem!


Pergunto eu na minha santa ingeniunidade?Este cavalheiro, tem condições para continuar a administrar o banco?Desta vez dou razão ao "comendador"! Ele tem toda a legitimidade em questionar a permanência do snr Gonçalves á frente de uma entidade financeira que se quer credível!


Em Portugal ninguém assume as suas responsabilidades! Atiram sempre as culpas para terceiros!Vamos lá de uma vez por todas a ser "homenzinhos"!

3 comments:

NiNa said...

Este caso é escabroso! É um autêntico gozo com o dinheiro (e confiança) que milhares de pessoas depositam no dito banco. Eu por acaso n tenho lá conta, mas decerto que com isto e se este sr continuar a geri-lo, não me convencem. Com diz o Ricardo Araujo Pereira na cronica da visão...como n tenho pais ricos vou mesmo ao BES!
:P
Um bjinho e volta mais vezes

Silvia Madureira said...

se alguém lhe pagar a próxima divida..."tá-se bem"...em Portugal vai-se tapando os buracos mas as estradas têm cada sobressalto que dá cabo dos pobres automóveis...
Vivemos num "tapa buracos" para remediar...mas eles pensam que nos "tapam olhos".

beijo

jotabloguer said...

Nina:Claro que irei visitar-te!Partilhar ideias entre pessoas que não calam as suas emoções e razões!
Todos aqueles que nos tomam por tolos devem ser denunciados, para que pelo menos haja um pouco mais de sensatez...
Beijinhos
Jorge madureira

Sílvia: Eles pensam mas algumas vezes têm "azar"!
De uma vez por todas se nos mentalizarmos de que a lei tem de prevalecer ao crime, ou omissão, as coisas só podem melhorar!
Beijinhos
Jorge madureira