Monday, October 15, 2007

O POÇO DA MORTE...OU O CIRCO DA VIDA!




Não sei se sempre tiveram a atracção de nas feiras ou festas populares, de verem o artista no Poço da Morte! Que consistia em dois artistas montados em motas de escape livre a rodarem em círculos nas paredes verticais do poço!O público fica a ver na parte superior, tendo apenas uns cabos de aço como limite, para que numa manobra imprevista(e possível!) não levássemos com eles...Eu delirava com aquelas acrobacias e sempre tive uma admiração por aquele espectáculo!

Ontem vi uma reportagem sobre o último poço da morte em acção em Portugal e reconheci de imediato o "verdadeiro artista" de que estava a falar!Hoje com 77anos de idade!!!!!, ainda lá anda ás voltas e não pensa retirar-se!Diz ele só quando morrer!
Estas situações de resistência e dedicação de uma vida inteira a um ideal de vida(muitas vezes, não planeada), deixam-me extasiado com a peserverança que ele demonstra perante o grande público! E que por sinal, já não vai em feiras nem em "poços da morte" para ver!
Aqui fica a minha homenagem a uma figura que fez parte do meu ideário de valentia , arrojo e coragem...
Como ele dizia antes de cada show, montado na sua moto, na parte exterior do poço: Senhoras e Cavalheiros façam a fineza de adquir o seu bilhete e vejam dois artistas portugueses arriscando a vida em Poço da Morte.”

Depois era o show:Às voltas no Poço da Morte, de moto, sentado de lado virado para o fundo do Poço, sem mãos no volante e de braços cruzados. Simplesmente arrepiante! Na última volta, desfraldava a bandeira portuguêsa e tapava a cara durante uns momentos, criando o climax final da sua actuação!
Para o próximo ano na festa da minha cidade em Matosinhos, já marquei encontro com este artista! Lá estarei para o ver mais uma vez e o aplaudir...

5 comments:

Silvia Madureira said...

Só uma vez assisti a este espectáculo com atenção...depois deixei de ver nas festas...eu fiquei de boca aberta e aparvalhada com tudo aquilo. Grandes malucos! Mas...talvez façam falta "malucos" destes!

silvia

jotabloguer said...

Olá Sílvia: Claro que fazem falta! Ver o arrojo de pessoas que lutam com muitas dificuldades financeiras, com equipamentos quase obsoletos, faz-nos pensar!
A emoção genuína de trabalhar sem rede!
É tudo isso que me faz gostar destas gentes! S~
ao mesmo "gandes malucos"!!!
Kisses
Jorge madureira

Marta said...

Era miuda quando vi isto! Nem sabia que isto ainda existia!

beijo

Anonymous said...

Na revista Topos & Clássicos deste mes, vem uma reportagem sobre o Poço da Morte. Vim á net procurar aonde seria possivel ver este espectaculo e dou de caras com este blog a "anunciar" que o Poço da Morte para o ano vai estar em Matosinhos...já lá estou batidinho.

Abraço
Marco Mourão

Anonymous said...

ola eu sou o cristiano sou um artista do poço da morte eu o meu pai e o meu vizavo para entrarem eu contacto mail: cristiano_123ronaldo@hotmail.com


OBRIGADO