Sunday, September 30, 2007

CHUVA...

CHUVA…
Eu gosto da chuva! É um amor antigo! Desde pequeno que é uma manifestação da mãe Natureza que me fascina! Seja tipo molha tolos, aguaceiros, contínua, sabe sempre bem! Dá-me a sensação de lavar todo o tio de sujidades, tanto do corpo como da Alma! Náo é descritível, apenas se pode sentir! Uma das “nuances” é quando pratico desporto. A jogar futebol, a correr no “jogging”, mesmo a correr quando somos apanhados um pouco desprevenidos, é uma sensação única!


Estou lembrado das chuvadas em Angola, acompanhadas com trovoadas de meter medo a nós europeus ocidentais! Não esqueço aquelas imagens das primeiras vezes em que militares num acesso de “loucura” alegre, se despiam e banhavam com aquelas torrentes de água que caíam dos céus generosos…


Por isso, quando passam longos períodos da sua presença, começo a ficar inquieto! Os ares tornam-se menos respiráveis, sensações de incómodo surgem! Aparecem de novo as imagens poluidoras que nos oprimem! Nas grandes cidades e centros urbanos é só olhar no horizonte e lá está sempre presente aquela neblina como que a dizer-nos que nos vai derrotar, asfixiar…


E essas neblinas temem mortalmente as chuvas, pois são o único adversário que as batem no terreno…
Há também outro tipo de chuvas nefastas causadas pela avidez e descuido dos Homens, mas a essas compete-nos a nós humanidade começar a tratar delas com os nossos gestos e hábitos de vida mais salutares! É inevitável e era bom que pensássemos nisso seriamente…

5 comments:

Silvia Madureira said...

Sinceramente...quando chove não tenho vontade de ir à rua, fico mais triste, mais pensativa...isto acontece normalmente. No entanto há sempre excepções e quem sabe um dia não aprecie uma "banhoca" de chuva.
Sabe tão bem sair com os cabelos molhados da água do mar e senti-los a bater nas costas e deitar na toalha e sentir as festinhas do sol no corpo. Eu até nem era uma amante da praia mas o facto de ter estado quase um ano no Algarve fez com que começasse a gostar de levantar muito cedo e sentir a brisa do mar e aprender sobretudo a ouvir o mar...é tão bom...voltamos para casa mais leves.

Um beijo

Rubina said...

Gosto de sentir a chuva sobretudo quando estou na cama :)
Mas tenho vontade de um dia, num país tropical, sair à rua e deixar-me ficar encharcada por uma bela tromba de água. Deve lavar a alma!

Marta said...

Eu gosto de chuva quando estou em casa na caminha, ou no sofá enrolada na manta! :)

jotabloguer said...

Silvia: Ai vais apreciar, vais! É tudo uma questão de querer! Claro que eu falo em situações para as quais vamos preparados...nem sempre é bem vinda/por ex: de pois de 8 dias consecutivos a cair...)
Beijinhos
Jorge madureira

RUBINA.Quem é que não gosta de ouvi-la cair no telhado em especial durante a noite e nós na caminha a dormir...
Gostavas concerteza de apanhar uma molha dessas e passado poucos minutos a roupa de novo a secar...
Kisses,
Jorge madureira

Marta:Com que então enrolada com uma manta!!!Bem já vi fantasias piores! Eh, eh!
Beijinhos enrolados!
Jorge madureira

Clara Onofre said...

Eu tb adorooo chuva. E não me importo nada de a ver cair por 8 dias consecutivos!! E tb gosto mto de andar à chuva sem chapéu...é o máximo!
bjs